« Home | O argumento final » | Mais da "natureza humana" » | Basófia » | Corpos transparentes » | Vamos fugir juntos » | Transgénicos Fora do Prato » | Contacto » | Tábuas da Lei » | Rotas do Vinho (III) » | Rotas do vinho (II) » 

domingo, abril 09, 2006 

Instinto Fatela II

Uma loira esplendorosa que abre não apenas portas e garrafas ou mesmo uma que outra cabeça felizarda a golpes de picador de gelo, mas sobretudo as pernas.
Um dilema ontológico que os detractores de Syriana vão adorar.
O êxito afigura-se desde ante e muito à mão assegurado .

hummhummm... gosto muito deste!

chére Zazie, fico contente por gostares.
Eu acho que o desenho é um bocado fotogénico. (à imagem da loira)
Tive a ideia do compasso que se abre e fi-lo a tomar o café.
Como tenho o scanner avariado adoptei a táctica de fotografar a bonecada com o telemóvel ou com uma maquineta digital que anda aqui pelos corredores. Sendo a foto feita a olhómetro, não a tiro exactamente na vertical como seria correcto o que dá ao boneco um ligeiro efeito de profundidade que o benificia.
O boneco foi feito num moleskine pequeno (daqueles do género jornalista que abrem para cima) e ao contrário do que eu imaginava parece-me melhor ampliado.

beijinhos

é claro que gostei muito. Ando mesmo de olho nos teus desenhos. Que diabo nunca teres mostrado estas coisas lá no outro. Mas também gosto muito de te ver em casa própria.

Essa ideia de fotografar do alto com telemóvel é que não sabia e foi excelente. Tu tens olhinhos e dedinhos, tens...

beijocas

Publicar um comentário